• Imóveis voltam a atrair compradores e investidores no DF

  • Por Paulo Muniz, Presidente da ADEMI-DF.

    O setor imobiliário do DF começa 2018 com boas perspectivas. E não é para menos. As condições para a compra do imóvel novo têm melhorado nos últimos meses e as empresas do setor encerraram 2017 observando velocidade de vendas 57% superior a 2015 e 24% maior em relação a 2016 para imóveis novos residenciais.

    Isso significa que mais cidadãos – e novamente os investidores – estão fechando negócios imobiliários no DF. Muitos buscam a moradia própria e também uma alternativa para as aplicações financeiras que, com a queda da SELIC, ficaram menos atrativas; isso abriu espaço para os investimentos em imóveis, que geralmente é um ótimo negócio, principalmente quando o adquirente estuda adequadamente todas as variáveis antes de efetivar a compra.

    E este é um ponto muito importante: para decidir pela compra do imóvel novo é preciso conhecer o mercado e suas perspectivas. É justamente isso que o especialista em mercado imobiliário nacional, o economista Celso Petrucci irá abordar em sua palestra – gratuita – no próximo dia 6 de fevereiro, na sede do Sinduscon-DF (www.sinduscondf.org.br), no Setor de Indústrias Gráficas.

    Petrucci abordará a evolução da oferta e da demanda, os indicadores das vendas, a variação do preço do metro quadrado e outros temas de grande interesse da população que pretende comprar um imóvel.